Página Inicial / Notícia / Saúde

Projeto Passo à Frente chega em Santana e beneficia pacientes com dificuldades de locomoção

O projeto busca busca descentralizar a oficina ortopédica com a promoção do acesso a órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção para beneficiar pessoas com deficiência ou alguma dificuldad

12/05/2022 - João Rodrigues

Projeto Passo a FrenteProjeto Passo a Frente / Foto: ASCOM

Nesta segunda-feira (09) 12 pacientes de Santana do Piauí foram assistidos pelo Programa Passo à Frente. O projeto realiza atendimentos e avaliações médicas para distribuição de equipamentos para Pessoas com Deficiência.

Em Santana do Piaui, a Prefeitura Municipal através da Secretaria de Saúde realizou o translado e acompanhamento técnico dos pacientes com os profissionais: Samara Ravenny ( fisioterapeuta), Thuany Bernardes (assistente social) e o colaborador Felipe Leal.

O secretário de Saúde de Santana do Piauí, Layrton Carvalho, destacou a importância do Programa Passo à Frente.

Secretário de Saúde de Santana do Piauí, Layrton Carvalho

“O programa é de grande importância, pois além de possibilitar a oferta do serviço para mais perto da população proporciona mais qualidade de vida. Além disso é uma grande descentralização do Ceir. Nós da Secretaria de Saúde pensamos em uma logística poder levar esses pacientes que tanto necessitam. Fornecemos transporte, lanche, dando todo apoio necessário”, ressaltou o secretário.

O Programa Passo à Frente é uma iniciativa do Governo do Estado do Piauí, por meio da Secretaria de Estado da Saúde (Sesapi), em parceria com a Secretaria de Estado para Inclusão da Pessoa com Deficiência (Seid) e Centro integrado de Reabilitação (Ceir), que busca descentralizar a oficina ortopédica com a promoção do acesso a órteses, próteses e meios auxiliares de locomoção para beneficiar pessoas com deficiência ou alguma dificuldade de locomoção.

Mesmo com o programa de forma itinerante, os acessórios continuarão sendo ofertados em Teresina PI para os pacientes que tenham a necessidade pela secretaria municipal de saúde através de solicitações e encaminhamentos.

Fonte: Ascom / Santana do Piauí