Página Inicial / Notícia / Social

Social de Santana desenvolve projeto de reciclagem que apoiará organização na proteção dos animais de rua

Projeto foi iniciado nesta terça-feira (01) e será desenvolvido durante todo o mês de junho.

03/06/2021 - João Rodrigues

Coleta de materiais plástico / Foto: Reprodução

Por Paula Monise 

Pensando em contribuir com o meio ambiente e apoiar organizações que se dedicam a proteção dos animais em situação de rua, a Prefeitura de Santana do Piauí através da Secretaria Municipal de Assistência Social iniciou nesta terça-feira (01 de junho) o projeto de reciclagem de materiais. A coleta dos itens recicláveis serão doados à organização picoense, Eco Patinhas, que serão revertidos para ajuda na causa animal.

O projeto de reciclagem será desenvolvido durante todo o mês de junho pelos usuários da política de Assistência Social, bem como a comunidade local também pode se voluntariar.

Da iniciativa serão recolhidos materiais plásticos presentes nas embalagens de refrigerante (garrafas pet na cor verde e transparente), de desinfetante, amaciante, óleo de cozinha, sabão líquido, veja, água sanitária, shampoo, detergente, manteiga, baldes e bacias.

A secretária de Assistência Social de Santana do Piauí, Tarciana Oliveira, destacou que o projeto de reciclagem é um instrumento para contribuir positivamente com a sociedade.

“Esse projeto será muito importante para nosso município. Estamos mobilizando os usuários dos programas e projetos sociais para que possam recolher materiais recicláveis que estão muitas vezes em casa sem utilidade ou jogados a céu aberto, degradando o meio ambiente. Depois dessa arrecadação, todo o material será destinado a Eco Patinhas que desenvolve uma ação social com a venda de itens recicláveis, onde o dinheiro obtido é revertido na castração de animais de rua”, explicou a secretária.

Secretária Tarciana Oliveira

O presidente da organização Eco Patinhas, Klaudino Telles, explicou que o projeto será fundamental para a defesa da causa animal e do meio ambiente.

“Diante da gravidade de tantos animais em situação de abandono nas ruas, passando fome, sede, maltratos sofrendo de algumas zoonoses, e visando a importância da reciclagem como um meio para salvar o meio ambiente, fazemos a coleta desses materiais e transformamos em qualidade de vida para os animais de rua. A Ecopatinhas visa a questão da reciclagem, não como algo que deva ser feito para atender os nossos interesses negando a realidade a nossa volta e sim como forma de respeitar a vida e o meio ambiente”, frisou o presidente.

Klaudino Telles ainda reforça que na região piconse, o desrespeito pela vida dos animais e meio ambiente tem proporções avassaladoras, e isso causa prejuízos irreparáveis ao meio ambiente e dor e sofrimento aos animais.  “Essa é nossa luta, não só agora, mas é algo que temos planos de crescimento e esperamos contribuir muito para um modo de vida onde possamos respeitar a vida sem interesse próprio”, disse.

O projeto

O Projeto de Reciclagem será desenvolvido no período de 01 à 30 de junho. O ponto de partida foi ontem e até a próxima sexta-feira (04) será feito o lançamento e apresentação do mesmo para os usuários. A entrega dos materiais recicláveis ocorrerá de 28 à 30 de junho.

Postos de Entrega

Os materiais poderão serem entregues no Centro de Convivência (Sede e Barro) e no Centro de Referência da Assistência Social (CRAS).

Organização Eco Patinhas

A Eco Patinhas funciona na cidade de Picos há pelo menos um ano. É uma organização para preservação ambiental, onde materiais recicláveis são coletados e vendidos para empresas de reciclagem. Toda a renda será revertida para castração de cadelas e gatas de rua.

Fonte: ASCOM