Página Inicial / Notícia / Política

Maria José é reeleita prefeita de Santana do PI

Maria José (Progressistas), tem como vice-prefeito eleito, Neli Borges (PTB), e a candidata a Prefeita que ficou em segunda colocação, teve como companheiro de chapa o ex-Vereador João Chico.

15/11/2020 - João Rodrigues

/ Foto: João Rodrigues

A Prefeita de Santana do Piauí e candidata à reeleição pela coligação “Santana Melhor para Todos/ Progressistas-PTB-MDB”, Maria José de Sousa Moura, foi reeleita nesse domingo (15/11), com 1.710 votos, correspondente a 50,37% dos votos válidos. Sua opositora, Valéria Dias (PSD), encabeçando a chapa “Por uma Santana Livre e com Direitos Iguais”, obteve 1.685 votos, correspondente a 49,63% dos votos válidos.

Maria José (Progressistas), tem como vice-prefeito eleito, Neli Borges (PTB), e a candidata a Prefeita que ficou em segunda colocação, teve como companheiro de chapa o ex-Vereador João Chico.

Eleitorado

Santana do Piauí tem 4.917 habitantes (IBGE), e 3.818 eleitores aptos a votar (TRE). Desse contingente eleitoral a candidata reeleita Maria José (Progressistas), obteve 1.710 votos, correspondente a 50,37% dos votantes e a sua opositora, Valéria Dias (PSD), 1.685 votos, representando 49,63% dos votos válidos.

Histórico

Maria José (Progressistas)

A Professora e Bacharel em Direito, Maria José (Progressistas), começou sua vida pública em Santana do Piauí, como vereadora, por duas legislaturas, eleita em 2004 pelo PFL, hoje Democratas, e reeleita em 2008, pelo PMDB, hoje MDB.

Em 2012 Maria José, então no (PSD), disputou pela primeira vez o cargo de Prefeita municipal, tendo como candidato a vice-Prefeito Daniel Cassiano (PSD), obtendo 1.074 votos (36,09%), dos votos válidos, ficando na segunda colocação, ante seu então opositor Ricardo Gonçalves (PMDB), eleito com 1.902 votos (63.91%), dos votos válidos.

Mesmo não se elegendo Prefeita do município em 2012, a coligação “SANTANA: Rumo Novo com a Força do Povo”, encabeçada por Maria José, elegeu três representantes para o Legislativo santanense, fortalecendo assim, seu grupo político.

Em 2016 compôs chapa com o então vereador Chico Borges (PTB), disputando o cargo de vice-Prefeita. No pleito Chico Borges e Maria José (PP), foram eleitos com 1.427 votos, correspondendo a 45,49% dos votos válidos. Ricardo Gonçalves, que disputava a reeleição pelo PMDB, ficou na segunda colocação com 1.418 votos, ou seja 45,20% dos votos válidos.

Na oportunidade a coligação “Santana Melhor Para Todos! PTB, PP e PSD”, liderada por Chico Borges e Maria José, também conquistou cinco das nove vagas da câmara municipal.

Em 1º de janeiro de 2017, Maria José acabou tomando posse como Prefeita, por conta da prematura morte do Prefeito eleito Chico Borges, vítima de acidente automobilístico na PI-375, via estadual que liga Santana do Piauí a Picos, momento antes de seu acento no Executivo municipal.

Mais tarde, o grupo governista recebeu a adesão de outros vereadores, garantindo assim sólida maioria da bancada de sustentação no Legislativo municipal, composto por nove acentos.

Em 2016 mais dois candidatos disputaram o Executivo santanense, Iremar Dias (PR), que obteve 260 votos, (8,29%) dos votos válidos, e Assizinho do Acordeon (PC do B), que conquistou 32 votos (1,02%), do total de votos válidos.

Em 2020, disputando a reeleição, ao lado do irmão do Prefeito eleito Chico Borges (In memoriam), líder político Neli Borges (PTB), como candidato a vice-Prefeito, pela coligação “Santana Melhor para Todos”, vence a disputa eleitoral com 1.710 votos, ou seja 50,37% dos votos válidos do município, ante sua opositora Valéria Dias que obteve 1.685 dos votos correspondente a 49,63% dos votos válidos.

A coligação “Santana Melhor para Todos”, também conquistou 06 dos nove acentos do Legislativo santanense.

Os candidatos eleitos deverão tomar posse em 1º de janeiro de 2021 para um mandato de quatro anos.

Valéria Dias (PSD)

A historiadora e candidata oposicionista a Prefeita de Santana do Piauí, Valéria Dias (PSD), encabeçou a chapa “Por uma Santana livre e com Direitos Iguais”, e teve como candidato a vice-prefeito, o ex-vereador Francisco João de Brito, o João Chico, conquistando 1.685 dos votos, correspondente a 49,63% dos votos válidos.        

A chapa contou com seis candidatos ao cargo de vereador, desses três foram eleitos para a câmara do município.

A candidata Valéria Dias (PSD), é filha do ex-Prefeito santanense Valdenilson Dias e neta do primeiro Prefeito da cidade, Manoel Borges (In memoriam).

Valéria Dias (PSD), disputou a prefeitura de Santana do Piauí pela primeira vez.

Inédito I

O diferencial do pleito eleitoral 2020 em Santana do Piauí se deu pela disputa entre duas mulheres pela prefeitura municipal. A candidata reeleita Maria José (Progressistas), e a candidata que ficou em segunda colocação Valéria Dias (PSD), protagonizaram o feito inédito.

Inédito II

A Prefeita e candidata reeleita Maria José (Progressistas), é a primeira mulher eleita vice-Prefeita e Prefeita, respectivamente, na história de Santana do Piauí.