Página Inicial / Notícia / Geral

Operação tapa-buraco é executada na PI-375

Serviço de recuperação paliativa foi iniciado no final de maio.

10/06/2020 - João Rodrigues

Operação "tapa-buraco" / Foto: João Rodrigues

Por Paula Monise

Com o objetivo de recuperar paliativamente a malha asfáltica da PI-375, rodovia que interliga os municípios de Santana do Piauí e Picos-PI, o Departamento de Estradas de Rodagem do Piauí (DER-PI) está executando operação “tapa-buraco” no trecho.

O serviço iniciado ainda no final de maio de 2020 está sendo feito pela empresa SOMA.

Anualmente, após o período chuvoso, a PI-375 fica tomada por buracos que dificultam o tráfego na rodovia e põem em risco a vida dos condutores.

O DER-PI somado aos esforços do deputado estadual, Severo Eulálio (MDB) tem atuado para garantir as boas condições de tráfego na PI. A Prefeitura Municipal também tem sido atuante no serviço do roço do mato às margens da rodovia estadual.

Em setembro de 2019, após constantes reinvindicações da prefeita Maria José de Sousa Moura, um trecho de mais de 1,3 km de extensão, no perímetro santanense, recebeu uma nova camada de asfalto. A ação melhorou significativamente a pavimentação asfáltica local.

“A recuperação da pavimentação asfáltica da PI-375 tem sido uma das grandes bandeiras de nosso governo.  Temos reivindicado constantemente melhorias e agora com apoio do DER-PI e do deputado Severo Eulálio a operação “tapa-buraco” está sendo feita. Sabemos que ainda é necessário o recapeamento asfáltico, temos nos empenhado para que isso possa acontecer. No entanto, enquanto essa nossa luta não se concretiza, continuamos buscando melhorias para que o tráfego de veículos na PI ocorra com segurança”, disse a prefeita Maria José.

Recuperação realizada em 2019

A PI-375 é uma das principais vias de acesso ao município santanense. Por essa razão, o tráfego de veículos é intenso e o desgaste da pavimentação acaba sendo uma realidade recorrente. Vale ressaltar que por ser uma rodovia estadual, os serviços de manutenção são de competência do Estado.

Fotos: João Rodrigues

Fonte: ASCOM