Página Inicial / Notícia / Religião

Padre Chiquinho deixará a Paróquia da Catedral em fevereiro de 2020

Nome do substituto ainda não foi definido pelo bispo diocesano de Picos, dom Plínio José Luz da Silva

06/12/2019 - João Rodrigues

Padre Chiquinho deixará Paróquia da Catedral em fevereiro do próximo ano / Foto: José Maria Barros / Foto: José Maria Barros

Por José Maria Barros

Embora o assunto seja mantido em sigilo pela Diocese de Picos, o Padre Francisco Pereira Borges, o Chiquinho, de 69 anos, deixará o comando da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios em fevereiro de 2020. Nessa época, ele completa seis anos no cargo e deverá ser substituído por outro colega do presbitério.

Mesmo não negando a mudança, o bispo diocesano de Picos, dom Plínio José Luz da Silva, não comenta sobre quem assumirá o comando da Paróquia da Catedral. Quando perguntado sobre o assunto por leigos mais próximos, ele pede calma e responde que no tempo todos ficarão sabendo.


Catedral de Picos/Foto: José Maria Barros.
 
No entanto, de acordo com as prescrições do cânon 522, do Código de Direito Canônico, o período de um padre à frente de uma paróquia é de seis anos, conforme legislação complementar da CNBB (Conferência Nacional dos Bispos do Brasil). 

Como Padre Chiquinho assumiu a Paróquia Nossa Senhora dos Remédios em 15 de fevereiro de 2014, em 15 fevereiro de 2020 completa seis anos no posto, portanto, deverá ser substituído por outro colega do presbitério, cujo nome ainda não foi anunciado oficialmente.


Dom Plínio ainda não se pronunciou oficialmente sobre o assunto/Foto: José Maria Barros.
 
Francisco Pereira Borges, o Chiquinho, é o 27º pároco da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios. Ele substituiu no cargo ao padre Gregório Leal Lustosa, que hoje é pároco da Paróquia Nossa Senhora do Patrocínio, em Pio IX.

Perfil 

Natural do povoado Saquinho, zona rural de Picos, Francisco Pereira Borges, mais conhecido como Chiquinho, nasceu no dia 13 de novembro de 1950, tem, portanto, 69 anos de idade. 


Padre Chiquinho assumiu a Paróquia da Catedral em 14 de fevereiro de 2014/Foto: José Maria Barros.
 
Ordenou-se padre em 18 de dezembro de 1983. Em 36 anos de sacerdócio Padre Chiquinho trabalhou dois anos em Paulistana, doze anos na Paróquia de São José Operário, em Picos, pouco mais de dez anos em Jaicós e seis anos e alguns meses na Paróquia Nossa Senhora da Conceição, em Bocaina. Está há quase seis anos à frente da Paróquia Nossa Senhora dos Remédios, com sede na Catedral de Picos.


Católicos acolhem o Padre Chiquinho/Foto: José Maria Barros.

Fonte: JP