Página Inicial / Notícia / Polícia

Operação Integração reforça segurança em Santana e municípios vizinhos

De acordo com o comandante Gomes, depois que a ?Operação Integração? foi deflagrada houve um reforço da presença policial nesses territórios e um consequente aumento da sensação de segura

04/11/2019 - João Rodrigues

Operação Integração / Foto: João Rodrigues

A “Operação Integração”, formada pelos Grupamentos da Polícia Militar de Santana do Piauí, Sussuapara e São José do Piauí, com o apoio tático do 4º Batalhão da Polícia Militar, sediado em Picos, vem promovendo o aumento da segurança nesses municípios através de rondas e blitz. De acordo com o comandante do GPM santanense, Tenente Gomes, com a parceria há um reforço do policiamento nas ruas e os municípios envolvidos saem ganhando.  

“A Operação Integração, acontece da seguinte forma: Em caso de emergência um GPM entra em contado com os demais e juntos realizam uma varredura no município solicitante. Quando Santana precisa de reforço, os GPMs vizinhos nos cobrem, e quando precisam do nosso contingente, também nos colocamos à disposição desses municípios”, detalhou Gomes.

"Operação Integração", contigentes dos GPMs de Santana e Sussuapara.

De acordo com o comandante Gomes, depois que a “Operação Integração” foi deflagrada houve um reforço da presença policial nesses territórios e um consequente aumento da sensação de segurança nas populações.

“Só nesse final de semana, precisamente na tarde do último Sábado (02/11), montamos uma blitz na PI-375, via estadual que interliga Santana a Picos, nas proximidades do povoado Queimada da Ema, na altura da interligação com a vicinal que acessa a comunidade Malhada Vermelha, onde abordamos pessoas e veículos que passavam pelo local. Na oportunidade apreendemos considerável quantidade de cocaína e prendemos um elemento por tráfico de drogas, sendo conduzido para a central de flagrantes, e outro por porte de entorpecente para consumo, esse último após TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) foi liberado”, comemorou Gomes.