Página Inicial / Notícia / Saúde

Ação de prevenção e conscientização foi realizada na sede urbana da cidade.

O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo Chiquinho Borges, centro da cidade.

02/10/2019 - João Rodrigues

Outubro Rosa / Foto: Ascom

Por Paula Monise

A Prefeitura de Santana do Piauí através da Secretaria Municipal de Saúde, do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF) e do Programa Saúde da Família, promoveu na manhã desta quarta-feira (02) uma ação educativa com o público feminino em alusão ao Outubro Rosa, campanha nacional de conscientização e prevenção ao câncer de mama e colo de útero.  O evento foi realizado no Ginásio Poliesportivo Chiquinho Borges, centro da cidade.

O evento que abre a programação do Outubro Rosa no município santanense contou com palestra educativa ministrada pela enfermeira da UBS Isaac Borges, Maria Tereza Guimarães, treino funcional aplicado pela educadora física, Maria Daiane de Jesus Moura e sorteio de brindes para as participantes.

O objetivo da ação educativa foi alertar as mulheres para a prevenção do câncer de mama e colo de útero, doença que ocasiona mortes no público feminino.

A enfermeira, Maria Tereza Guimarães, durante a palestra orientou as participantes sobre a caracterização do câncer de mama, seus sintomas, diagnóstico e formas de tratamento.

“Nesse mês de outubro intensificamos as ações de controle e prevenção ao câncer de mama. Estamos fazendo essa palestra, levando orientações, para sensibilizar as mulheres sobre o que é o câncer de mama, sintomas, como fazer o diagnóstico, tratamento dando ênfase aos fatores de risco. No momento não temos conhecimento de câncer de mama, mas mulheres no município já foram a óbito em decorrência da doença”, informou a enfermeira.            

A assistente social do NASF, Thuany Bernardes, explicou a proposta e intencionalidade do evento.

“O evento Outubro Rosa foi pensando com objetivo de sensibilizar e informar a população sobre o câncer de mama, visto que prevenir é uma ferramenta extremamente importante e eficaz. Muitas barreiras podem ser removidas através da informação, acredito também que melhora a comunicação e o suporte psicológico,  até aumentando o acesso dessas pacientes aos exames e ao tratamento. Nós da equipe NASF, buscamos sempre o bem estar da população”, disse.

Assistente social Thuany ao lado direito da imagem

O secretário de Saúde de Santana do Piauí, Francisco Carvalho, destacou a ação como instrumento de conscientização para a prevenção eficaz contra a doença.

“Hoje a prevenção é um dos fatores mais importantes para se evitar o câncer de mama e colo de útero. Sabemos que existem os tratamentos, mas a prevenção é sempre o melhor caminho. Em virtude disso, a secretaria está disponibilizando seus profissionais para realizarem palestras e orientar as pessoas para que não sejam acometidas por tais doenças”, pontuou o secretário.

A santanense Luzilândia Moura participou de toda a programação. A mesma frisou a relevância das orientações transmitidas que ela buscará colocar em prática.

“Eu gostei, foi bom demais. A palestra que Maria Tereza deu foi ótima, aprendemos muitas coisas que a gente nem sabia e ficou bem esclarecido. É importante porque poderemos praticar o autoexame depois das explicações”, avaliou.

Luzilândia Moura ao lado esquerdo da imagem

Na ocasião, a médica da Estratégia da Família de Santana do Piauí, Luma Araújo, explicou sobre os fatores de risco do câncer de mama e a importância de procurar o profissional de saúde diante de qualquer alteração observada.

“O principal fator de risco é a história familiar, principalmente em parentes de primeiro grau positivos para o câncer de mama. Aquela paciente que já teve a mãe com câncer, ou a irmã, precisa estar alerta para qualquer alteração. Outros fatores de risco estão ligados ao estilo de vida da mulher, como obesidade, sedentarismo, hábitos alimentares, tabagismo, longa exposição a hormônios. As mulheres devem procurar o Posto de Saúde, fazer o acompanhamento tanto com a equipe de enfermagem, como com o médico e após diagnóstico se encaminhar para o serviço especializado”, explicou a médica.

Na ocasião, além das orientações as mulheres foram informadas sobre como realizar o autoexame em casa. A programação de atividades do Outubro Rosa será realizada nas demais unidades de Saúde do município.

Fonte: ASCOM