Página Inicial / Notícia / Educação

Escolas municipais de Santana encerram semestre letivo com projeto de Cordel

Apresentações resgataram a nordestinidade.

26/06/2019 - João Rodrigues

Sarau Junino na Escola Pascoal Borges / Foto: ASCOM

Por Paula Monise

A Literatura de Cordel, poema tipicamente nordestino, invadiu as escolas  municipais de Santana do Piauí. Nesta segunda-feira (24) os alunos apresentaram às famílias em forma de dança, peças teatrais, poemas - o Cordel-  durante o sarau junino que marcou o encerramento das atividades escolares do primeiro semestre letivo.

O evento envolveu os alunos da Educação Infantil e Ensino Fundamental I das diversas escolas. O espetáculo que resgatou as tradições nordestinas emocionou o público presente.

A mãe, Maria Magnália Leal, assistiu atenta à apresentação da filha Lorena e falou da emoção em perceber o desenvolvimento da criança.

“Eu tô muito emocionada. Milha filha tem apenas dois anos e é perceptível o desenvolvimento dela ao falar, comer, está mais independente. Hoje ver ela dançando com os colegas me encheu de orgulho”, afirmou a mãe.

A diretora da Escolinha Tia Lourdes Dias, Francirene Carvalho, explicou que ao longo do semestre foi trabalhado o projeto “Cordéis que educam e transformam”, numa tentativa de resgate ás tradições nordestinas.

“Esse momento foi preparado com grande expectativa. É um projeto que já trabalhávamos desde o mês de março e interligamos com o sarau junino. É um prazer, é uma grande expectativa de aprendizagem e com certeza esse conhecimento é adquirido ao decorrer dos ensaios, durante toda a preparação. Depois da apresentação sempre ficamos emocionados com o desempenho dos pequenos”, disse a diretora.

A prefeita de Santana do Piauí, Maria José de Sousa Moura, acompanhou os saraus juninos nas escolas e falou da importância do projeto sobre a Literatura de Cordel.

“É de encantar toda a dedicação dos alunos, professores, no desenvolvimento do projeto de Cordel, um resgate da nossa cultura. Foi de emocionar ver o desempenho de nossos alunos, demonstrando toda a nordestinidade que carregamos”, frisou a gestora.

O projeto “Cordéis que educam e transformam” também será levado para o Desfile Cívico de 7 de Setembro, como forma de apresentar à comunidade o que vem sendo trabalhado em sala de aula acerca do tema.   

Fonte: ASCOM