Página Inicial / Notícia / Saúde

Voluntários da SMAS de Santana do Piauí realizam doação de sangue

O grupo de nove colaboradores realizou um importante gesto de amor à vida.

31/05/2019 - João Rodrigues

Grupo que participou da ação / Foto: ASCOM

Por Paula Monise

Um gesto de solidariedade e em favor da vida: doar sangue. Foi com esta atitude que nove colaboradores da Secretaria Municipal de Assistência Social de Santana do Piauí nesta quinta-feira (30) compareceram ao Hemocentro de Picos, compartilhando um pouco de si e em amor ao próximo.  

Na instituição de saúde, os voluntários acompanhados pela secretária Tarciana Bernardes fizeram cadastro, passaram pela triagem que avalia se a pessoa está apta a doar sangue e só depois realizaram a ação solidária.

A servidora da SMAS, Maria Eliana Rodrigues Gonçalves, sabe bem o que é receber uma transfusão de sangue. Há três anos, ela necessitou do procedimento e agora doando pela primeira vez afirmou que o gesto é um sinal de agradecimento pela vida.  

“Estou fazendo a doação de sangue agradecendo a Deus. Há 3 anos atrás eu precisei de uma transfusão e encontrei pessoas que fizessem essa doação para mim. Então, pra mim é um momento de grande felicidade, de estar aqui passando uma parte disso, uma parte da vida”, disse emocionada a doadora.

A psicóloga do Centro de Referência da Assistência Social (CRAS) de Santana do Piauí e idealizadora da iniciativa, Layane Leal, enfatizou que doar sangue é uma necessidade constante, pois muitas pessoas diariamente precisam.

“Observava que sempre existia essa necessidade no HEMOPI, com relação ao baixo número de doadores. Doar sangue é uma forma de se solidarizar com o próximo, muita gente precisa. É um belo gesto e maioria dos que estão doando aqui hoje estão se cadastrando para se tornarem doadores de medula óssea”, frisou a psicóloga.

Layane Leal explicou ainda que a ação será expandida às demais secretarias e envolverá a comunidade santanense.

“Começamos com os servidores da Assistência Social. A nossa proposta é que daqui a quatro meses possamos mobilizar mais funcionários da Prefeitura, usuários e a comunidade”, pontuou.

Doações de sangue

A assistente social do Hemocentro, Franciválbia Carvalho, ressaltou que tem se tornado comum a mobilização de grupos em prol da doação de sangue.

“Ao longo do ano é muito comum, faculdades, secretarias, os municípios da região realizarem a doação de sangue, especialmente quando fazemos a convocação na mídia. É uma ação solidária, em que a pessoa de livre e espontânea vontade ajuda ao próximo.

Atualmente, o banco de sangue do HEMOPI se encontra dentro da média, com maior necessidade nos tipos sanguíneos negativos.  As bolsas de sangue atendem necessidades emergenciais, cirurgias eletivas e demandas de outros hospitais.

Fonte: ASCOM