Página Inicial / Notícia / Geral

Secretaria de Obras recupera vias urbanas e rurais de Santana do Piauí

Os trabalhos já contemplaram diversas vias do município.

07/05/2019 - João Rodrigues

Recuperação de estradas / Foto: ASCOM

Por Paula Monise 

Recuperar as estradas vicinais do município de Santana do Piauí tem sido uma marca de trabalho no governo “Uma Cidade Melhor para Todos”, que tem a frente a prefeita Maria José de Sousa Moura (Progressistas). Com o encerramento do período chuvoso, os reparos nas vias já contemplam diversas comunidades rurais.

A Secretaria de Obras coordenada pelo gestor José Leal, o “Thizé”, vem realizando desde o mês de abril a recuperação das estradas que já foram iniciadas nos Povoados – Malhada Vermelha e Várzea do Engano. A iniciativa que visa melhorar a mobilidade rural e oferecer maior segurança a quem transita pelas vias se estenderá às demais comunidades que necessitarem da intervenção.

O secretário, Thizé Leal, explicou que os trabalhos vem sendo executados também na sede urbana com a recuperação da pavimentação poliédrica no trecho que interliga as Ruas 13 de Maio e 21 de abril.

“Estamos recuperando diversas estradas no município. A ação ainda não tinha sido possível devido ao período chuvoso, mas agora estamos conseguindo executar os trabalhos que estão acontecendo na zona rural e zona urbana. Vamos agir nos trechos que necessitarem de reparos, pois sabemos que as vias estão deterioradas por conta das chuvas”, disse o secretário.

Thizé ainda destacou que além da recuperação de estradas está sendo feito o roço do mato, garantindo maior visibilidade aos condutores.

“Este serviço já concluímos em todas as comunidades rurais. O mato havia avançado sobre as estradas dificultando a visibilidade dos condutores. Então realizamos este trabalho em todas as comunidades, serviços que também realizamos todos os anos”, concluiu o secretário.

A Secretaria de Obras além das ações citadas, também cuida da iluminação pública, repondo lâmpadas que apresentarem problemas e ou levando iluminação para espaços que ainda não possuíam. 

Fonte: ASCOM